imagem MOTIVE-SE POR MELHORES GLICEMIAS

Por Daniel Ramalho

Carpe Diem

Há pouco tempo conversamos sobre dias difíceis e momentos em que trocamos os pés pelas mãos (leia: Tem dia que é… de 15/04/2017), nos quais torna-se muito difícil mantermos a motivação para enfrentar o dia-a-dia, principalmente lidando com o diabetes.

Mas não adianta simplesmente pontuarmos que existe o problema e o que devemos fazer nessa situação, sem que pensemos em como vamos executar nossos planos de desenvolvimento pessoal e empoderamento (só pra usar a palavrinha que está na moda. Rsrsrs).

Buscar nosso bem-estar, além de uma decisão, é a consequência de planos bem executados que exigem muita determinação, garra e bom senso. Sim, bom senso! Ninguém deve sair por aí atropelando os outros sob a justificativa de estar buscando sua felicidade. Se nossa motivação é mostrar ao fulaninho que somos superiores ou que somos mais espertos, já começamos mal e o final pode ser desastroso, correndo o risco de, ao final, ficarmos ainda mais jururus.

offer-442904_960_720
Imagem: Pixabay

Nossa motivação é a base da execução de bons planos de vida e, apesar de termos que ser sempre os protagonistas de nossas vivências, nada justifica esquecer que no meio do caminho existem pessoas que nos amam e com as quais gostamos de manter relações de amizade, respeito e cordialidade.

 

Dito isto, como podemos nos manter motivados a melhorar nossas vidas e resultados a maior parte do tempo?

Você vai cair. E daí?

notes-514998_960_720
Planejar para vencer! Imagem: Pixabay

Em primeiro lugar, devemos levar em consideração que os momentos de desânimo certamente virão. Aquela hora que dá vontade de chutar o balde não deve ser ignorada. Permita-se vivê-la, mas sem exageros. Nada de drama! Respire, avalie a razão das coisas estarem de tal jeito e empreenda a mudança, por mais difícil que possa parecer. Vingar-se do carinha que te passou uma rasteira, sair comendo de tudo porque sua glicemia parece não responder ao tratamento do diabetes ou pedir demissão do trabalho ao primeiro sinal de problemas só piorarão sua situação. Em lugar disso, reflita sobre as razões que originaram o problema. Tente manter a tranquilidade pensando que atitudes impulsivas de nada adiantarão. Planejar a solução é a chave para se manter motivado diante das adversidades e até dos malas de plantão (rsrs). Pense positivamente, trace metas a serem alcançadas e vá em frente!

 

Realizações e autoestima

office-stuff-1574661_960_720
Listas de realizações: enxergando sua capacidade! Imagem: Pixabay

Outro ponto comum e muito tentador para quem se sente desmotivado é o excesso de reclamações. Quando nos sentimos pra baixo é comum que nos irritemos facilmente com as coisas mais simples. Uma boa prática para esse momento, tanto para evitar sua repetição quanto para solucioná-lo, é a elaboração de listas enumerando todas as coisas boas que realizamos ultimamente. Uma ferramenta simples, mas muito eficaz e que deve se tornar uma prática diária, pois ao colocarmos nossas realizações no papel, conseguimos enxergar melhor nossas qualidades, força e capacidade. Então vai logo pegar seu caderno ou agenda para anotar suas glicemias que deram certo ou até mesmo as que devem ser melhoradas, seu trabalho que foi bem executado ou o agrado que fez a um amigo. Pequenas atitudes como essas elevam nossa autoestima e nos dão a sensação de estarmos trabalhando por uma vida melhor. O pensamento de que o que fazemos nunca é o suficiente costuma desanimar até o mais otimista dos otimistas. Note o quanto você é capaz, mire seus objetivos e não se menospreze!

Gratidão

Para não sairmos das listas, outra boa prática é a gratidão. Se todos os dias, em lugar de reclamarmos dos problemas que ocorreram, adotarmos o hábito de agradecer a, pelo menos, três coisas boas que nos aconteceram no transcorrer daquele dia, podem ter certeza de que a motivação estará sempre nos rondando. Anote tudo para que possa realmente perceber quantas coisas boas nos acontecem e insistimos em valorizar as ruins.

grateful-1987667_960_720Normalmente subestimamos o poder da gratidão. É perfeitamente possível nos acostumarmos e aprendermos a agradecer com mais frequência. Uma pessoa que faz uso da gratidão no seu dia-a-dia se acostuma a ver o lado positivo da vida, por mais que tudo pareça muito complicado. Ser grato, além de nos fazer bem, é benéfico também aos que se relacionam conosco. Sendo assim, pergunte-se agora: quero me relacionar com pessoas que estão de bem com a vida ou com quem só sabe reclamar? Pois é… Captou a diferença?

Existem muito mais coisas que podemos fazer, pois o tema “motivação” é muito vasto, mas precisamos terminar esse post para que não se transforme em um livro (rsrsrs). De qualquer forma, já deu para perceber que nossa motivação depende muito mais de hábitos saudáveis à mente do que a força física, ganhos financeiros ou festanças intermináveis que podem mascarar momentos “deprês”, não é?

Ninguém aqui está defendendo que devemos ver um mundo cor-de-rosa, mas por que sempre focar no cinza? Héin?! Héin?!

Banner quadrado SEJA NOSSO PARCEIROEntão está esperando o quê? Pegue seus caderninhos e agendas e faça suas listinhas (rsrs). Podem até achar que você está louco, mas quem precisa saber? Ha, ha, ha! Louco é quem fica resmungando o tempo todo e espalhando sua negatividade travestida de cautela ou responsabilidade por aí. E por falar nisso, respire e conte até dez diante daquele “mala” que teima em te jogar pra baixo e aja positivamente: jamais revide mau humor e ranhetice com palavras e atitudes igualmente nocivas. Evite os vampiros de energia! Se não der pra evitar, tenha em mente que ceder à tentação de pagar na mesma moeda sempre sai mais caro para quem tem mais a perder: você.

Lembrem-se: motivação, autoestima e bom humor geram melhores glicemias!

Grande abraço a todos e vamos que vamos, sem perder a doçura!

DANIEL RAMALHO

DIABETES ESPORTE & NATUREZA


Assinatura Blog


Banner horizontal SEJA NOSSO PARCEIRO


2 comentários

    • Pode acreditar que funciona, Marcelo. Isso não quer dizer que a força de vontade e disciplina não farão a maior diferença, mas são boas práticas que facilitam todo o processo para nos mantermos motivados e focados em nossos objetivos. Grande abraço.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s