imagem OUSAR PARA MUDAR

Por Daniel Ramalho

visc-maua-02fev2012-124
Implementar mudanças exige foco, ousadia e… Paciência! Muita paciência. Imagem: DEN

Nada tem sido tão comentado nas redes sociais como a importância de se precaver contra os males causados pelo estresse e a vida baseada na produção incessante. Vários estudiosos atentam para a necessidade de se “desacelerar”. Eu mesmo estou realizando mudanças profundas em minha vida, a fim de privilegiar minha família, meu bem-estar, minhas amizades e minha realização profissional. Isso mesmo! Assim: bem meu, bem possessivo e sendo bem claro para mim, que somente eu posso investir em minha felicidade, somente eu posso me fazer feliz.

Obviamente, tudo tem um preço e toda mudança significativa exige muito de nossas emoções, coração, intelecto e quem convive com o diabetes sente na ponta do dedo diariamente os efeitos desse esforço. É como se pudéssemos traduzir em números como vão os nossos “nervos”, com um aparelhinho chamado glicosímetro, mas que bem poderia também ser apelidado de estressômetro (risos).

26jan2012-462
Durante as mudanças o tempo vai fechar… Imagem: DEN

 

Se para pessoas que não têm diabetes as coisas ficam complicadas quando algo não vai bem em suas vidas, nós que convivemos com essa condição temos que dobrar os esforços para nos mantermos equilibrados o máximo de tempo possível. Claro, sempre respeitando a forma de ser de cada um, mas nunca usando as clássicas desculpas de que “eu sou muito agitado”, “eu me irrito facilmente”, “eu tenho tal transtorno”. Nessas horas, muitos são os que tentam justificar seu destempero através de diagnósticos, inventados ou reais, ou de características pessoais, igualmente fictícias ou verídicas, como se tentasse justificar um momento de fraqueza ou de desânimo em nossas lutas diárias.

Não é vergonha alguma fraquejar. Quem nunca pensou em desistir de algo? Qualquer guerreiro se sente cansado de suas batalhas e deve se dar uma chance de descansar, repensar seus planos, valorizar o que já foi conquistado, reavaliar suas metas. Se em lugar disso passarmos a tentar encontrar desculpas incapacitantes para nós mesmos, jamais sairemos do lugar e nos tornaremos meros pessimistas, tão negativos que nem nós mesmos nos suportaremos.

26jan2012-502
… Mas se não faltar obstinação, logo o céu volta a se abrir para novos voos. Imagem: DEN

Mais uma vez uso uma frase de Barry Neil Kaufman para ilustrar o que penso: “A forma como escolhemos ver o mundo, cria o mundo que nós vemos”. Interpreto a frase do escritor como um alerta contra todos os tipos de males que nos atingem, pois a maioria deles poderia ser evitada com uma mudança de postura diante da vida, tal como o pai que passa a trabalhar menos para estar mais tempo com o filho, o amigo que deixa de reclamar dos outros nas redes sociais e passa a se encontrar fisicamente com todos eles com mais frequência, dois colegas de trabalho que deixam de querer mostrar que um é mais importante que o outro e passam a trabalhar em equipe… Enfim, se criamos um mundo ao nosso redor, é nele que viveremos. Se ele for bom, estaremos bem. Mas se for cheio de rancor, competições incessantes, orgulho, vaidade, falta de tempo para a vida, amigos e familiares, o retorno será equivalente ao que foi investido.

Se estou com medo de mudar coisas fundamentais em minha vida? SIM! Maiúsculo mesmo! ESTOU MORRENDO DE MEDO! Ser feliz exige muita coragem, principalmente se é para mudar algo que já faz parte de sua vida há duas décadas… Difícil, mas mais difícil ainda será me levantar da cama nos próximos 40 anos que ainda pretendo viver, sabendo que nem ao menos tentei. Essa é a minha energia propulsora! Como certa vez me disse um amigo que havia largado uma carreira sólida em uma profissão dessas ditas “respeitáveis” para atuar no teatro: “Prefiro morrer pobre do que infeliz. Não quero me tornar um velho frustrado”. E eu também não! Vocês querem?

Minhas glicemias, por mais que eu faça um bom controle e tenha voltado a me exercitar com frequência, estão sentindo que essa mudança realmente está mexendo comigo, mas ela também sabe que lá na frente há o tão almejado prêmio: a realização completa de meus maiores sonhos.

visc-maua-02fev2012-61
A beleza da vida está em coisas muito mais simples do que idealizamos. Ousem enxergá-la! Imagem: DEN

Não pensem que o que almejo é complicado. Ha, ha, ha! É tudo muito simples, mas o simples nesse mundo em que vivemos tem sido muito mais difícil de ser conquistado do que as coisas mais complexas. E quando lá eu chegar, minhas glicemias se aquietarão, na certeza de que não há maior vitória do que vencer as forças que te jogam para baixo e o obstáculos que todos dizem ser intransponíveis.

Ousem! Mudem! Perdoem! Façam novos planos! Sejam humildes na medida certa para não lhes atrapalhar o crescimento! Invistam em vocês e não agridam àqueles que não concordarem com seus pontos de vista! Sorriam mais! Vivam!

Ser feliz faz bem pra glicemia!

Ser feliz é o que há!

Grande abraço!

DIABETES ESPORTE & NATUREZA

Assinatura Blog

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s