imagem 1ºENCONTRO AZUL “DIABETES, ESPORTE & NATUREZA” E “EU E A BETE-DIABETES”

Por Daniel Ramalho

DSC00314b
Clique na foto para ampliá-la. Primeiro Encontro Azul “Diabetes, Esporte & Natureza” e “Eu e a Bete-Diabetes”. Imagem: Diabetes, Esporte & Natureza

Ontem, 27 de setembro de 2015, foi realizado no Bosque da Barra, na Barra da Tijuca, bairro da zona leste da cidade do Rio de Janeiro, o nosso Primeiro Encontro Azul “Diabetes, Esporte & Natureza” e “Eu e a Bete-Diabetes”.

O evento contou com a presença de participantes dos blogs e grupos DIABETES, ESPORTE & NATUREZA e EU E A BETE-DIABETES, seus criadores e administradores, Daniel Ramalho, que os escreve, e Pablo Silva, além da psicóloga Marcella Sandim que conduziu atividades de interação e trocas de experiências entre os presentes.

Foi uma semana tensa, pois a previsão do tempo não nos era muito favorável, mas aos poucos isso foi mudando. Na sexta-feira anterior ao encontro, a ventania que atingiu a cidade do Rio de Janeiro, com ventos de até 80 quilômetros por hora registrados no Forte de Copacabana, nos mostrou que aquele seria o momento decisivo para a realização ou cancelamento de nosso piquenique. Ao notarmos que poucas foram as nuvens que haviam conseguido chegar ao centro da cidade, ficamos mais esperançosos de que o fator meteorológico não nos atrapalhasse. Porém, a confirmação só veio no sábado (26) à noite ao avistarmos a lua no céu da Barra, depois de passarmos por um dia de chuviscos e muitas nuvens. Nessa hora veio o alívio e era menos uma preocupação para a realização.

No domingo (27) houve o amanhecer de um dia belíssimo e de bastante calor, nada comparado à quinta-feira anterior que chegou a registrar 41,3 graus, o dia mais quente do ano, justamente na zona leste, área onde se situa o Bosque da Barra.

DSC00299 b
Clique na foto para ampliá-la. Meu alívio ao notar que a natureza estava a nosso favor no Primeiro Encontro Azul “Diabetes, Esporte & Natureza” e “Eu e a Bete-Diabetes”. Imagem: Diabetes, Esporte & Natureza

Os participantes foram chegando aos poucos, alguns já se conheciam e os que ainda não, logo começaram a interagir. Uma boa atmosfera de amizade e cumplicidade foi sendo formada aos poucos e naturalmente.

Optamos por não combinar o momento do lanche, cada um comeu na hora que lhe pareceu mais conveniente, para respeitarmos as rotinas e horários de alimentação e aplicação de insulina de cada pessoa que lá estava.

Já com quase todos os que compareceram ao evento, a psicóloga Marcella Sandim iniciou uma conversa com todos os presentes sentados em roda no gramado do Bosque, sob a supervisão dos reais donos do local: micos, pássaros dos mais variados, sagüís, cotias e até um jacaré que vive no lago do parque. Parecia uma conspiração da natureza para que tudo saísse da melhor maneira possível e até o calor foi amenizado pelo surgimento de nuvens mais espessas e uma brisa fresca que soprou no exato momento em que nosso encontro tomou uma forma mais direcionada. Tudo seria perfeito se nossos vizinhos de um grupo que estava ao lado não fossem tão expansivos, mas não chegaram a atrapalhar nossa alegria, afinal conviver com os imprevistos já faz parte da rotina de toda pessoa que convive com o diabetes.

DSC00249c
Clique na foto para ampliá-la. Psicóloga Marcella Sandim contribuindo para sucesso do Primeiro Encontro Azul “Diabetes, Esporte & Natureza” e “Eu e a Bete-Diabetes”. Imagem: Diabetes, Esporte & Natureza

Sandim abordou questões importantes sobre os impactos que o tratamento e o diagnóstico podem ter em nossas vidas e incentivou a que todo o grupo expusesse suas vivências e dilemas diante da disfunção.

DSC00254
Clique na foto para ampliá-la. Valeria Taveira esteve bem atenta a todos os relatos dos presentes ao Primeiro Encontro Azul “Diabetes, Esporte & Natureza” e “Eu e a Bete-Diabetes” e também falou sobre sua experiência com o diabetes. Imagem: Diabetes, Esporte & Natureza

Para a nossa surpresa, não houve um só presente que se negasse a compartilhar suas histórias. Todos os participantes foram muito receptivos à proposta da psicóloga e o que se viu a partir daí, foi uma série de relatos emocionados e emocionantes. Cada um explicou, de sua forma, como encararam o diagnóstico e o que fazem para lidar com uma rotina tão desgastante como a de quem tem diabetes.

Familiares também tiveram a oportunidade de contar suas experiências e expor opiniões sobre o tema, completando assim um certo clima de cumplicidade entre os presentes, talvez a maior conquista da realização do evento.

DSC00279
Clique na foto para ampliá-la. Primeiro Encontro Azul “Diabetes, Esporte & Natureza” e “Eu e a Bete-Diabetes”. Imagem: Diabetes, Esporte & Natureza

Entre as muitas vivências e testemunhos, uma coisa chamou a atenção no Encontro Azul: o que se viu, não foi uma série de pessoas que lá foram para se lamentar ou desfilar suas queixas. Muito pelo contrário! O que predominou nos vários discursos foi sempre a certeza da superação, a aceitação do desafio, uma grande dose de coragem de todos os guerreiros que ali estavam, a certeza de que o diabetes não nos limita e de que jamais podemos deixar de sorrir para a vida.

Abrir seu coração diante de um grupo, composto em sua maioria por pessoas que nem se conheciam, e falar sobre seus dramas e medos com o intuito não apenas de desabafar, mas contribuir para que outros se beneficiem de sua experiência e possam reavaliar suas próprias atitudes, não é apenas uma prova de bravura, mas também de tratar-se de um grupo de pessoas com uma grande dose de amor ao próximo em seus corações.

DSC00263
Clique na foto para ampliá-la. Primeiro Encontro Azul “Diabetes, Esporte & Natureza” e “Eu e a Bete-Diabetes” Imagem: Diabetes, Esporte & Natureza

Foi com esse amor no coração que encerramos o evento com o sorteio de camisetas, livros, glicosímetro Accu-Chek Active, distribuição de adesivos, muitos sorrisos e fotos!

Nós da organização nos sentimos muito orgulhosos pelos resultados conquistados e confirmamos nosso desejo de organizar muitos outros encontros e ações em prol de quem lida com o diabetes no dia-a-dia.

DSC00316b
Clique na foto para ampliá-la. Sorteio e distribuição de brindes. Ninguém saiu de mão vazia do Primeiro Encontro Azul “Diabetes, Esporte & Natureza” e “Eu e a Bete-Diabetes”. Imagem: Diabetes, Esporte & Natureza

Pudemos constatar o sucesso de nosso evento não apenas no local, mas pelas várias manifestações de gratidão das pessoas que nos parabenizaram minutos mais tarde pelas redes sociais.

Pessoalmente, repito o que disse no Primeiro Encontro Azul “Diabetes, Esporte & Natureza” e “Eu e a Bete-Diabetes”: “Às vezes sinto que estou sendo injusto (com os seguidores e membros do grupo), pois eu me propus a ajudar, mas tenho a sensação de receber muito mais do que do que tenho feito. O que vale nessa relação é essa troca, é o que faz o nosso coração crescer e amadurecermos enquanto pudermos aprender com outras pessoas. Não há educador mais poderoso do que a experiência de vida.”

D.R.

DSC00321b
PABLO SILVA (EU E A BETE) E DANIEL RAMALHO (DIABETES, ESPORTE & NATUREZA). Clique na foto para ampliá-la. Juntos somos muito mais fortes!!! Primeiro Encontro Azul “Diabetes, Esporte & Natureza” e “Eu e a Bete-Diabetes”. Imagem: Diabetes, Esporte & Natureza

All Rights Reserved, Rio de Janeiro, Brazil – Sep2015

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s